domingo, 11 de julho de 2010

Os xavequeiros profissionais – Dicas, truques, xavecos e mentiras!


Há um grupo de homens que acreditam que as mulheres não sabem reconhecer quando eles dizem a verdade ou quando estão só enrolando com frases-feitas. Eles são os tipos conquistadores, dispostos a dizer qualquer coisa para “ganhar” uma mulher. Para desmascarar essa prática, resumimos algumas dicas que ajudam a detectar esse tipo de comportamento.

Mentiroso, eu?
É um clássico. O chamado “faça o curativo antes de se ferir”. Quando um conquistador é pego em flagrante e se sente encurralado, usa seu olhar mais convincente e profere a frase que deixa qualquer mulher na dúvida: “eu não mentiria para você, porque eu te amo”.

Pura química
Às vezes os homens prometem o mundo logo no primeiro encontro. Depois de alguns minutos de conversa já dizem que te amam, que estão completamente apaixonados e são capazes de qualquer coisa por você. Tome cuidado porque por detrás de tanta bajulação podem se esconder segundas intenções. Se for perguntar-lhes como conseguem sentir tantas coisas sendo que acabaram de se conhecer, eles responderiam com um “é pura química”. Na verdade, é “pura mentira”.

Quero estabilidade
Essa é outra frase clássica. “Eu não quero mais aventuras, estou cansado disso tudo”. Pode ser verdade, pode não ser, tudo depende do contexto. Se ele falar isso enquanto tenta te levar pra cama no primeiro encontro, vá com calma. Muitos conquistadores usam esse tipo de frase para enrolar suas presas e convencê-las de que elas são especiais.

O teórico
Quando uma pessoa já tem experiência no sexo, é fácil notar. Mesmo assim, há homens que acham que nascemos ontem. Quando percebemos que eles são bons de cama, disfarçam a vivência com a seguinte explicação: “tudo o que eu aprendi sobre sexo foi por relato dos meus amigos”.

Dizem que por aqui…
Essa técnica para levar uma mulher para cama é simples e puramente infantil, na qual o homem é incapaz de falar abertamente que quer fazer sexo com você. Como acredita que você não é muito esperta, enquanto dirige ele fará o comentário “inocente” de “me falaram que por aqui tem um motel”. Claro que existe, e ele sabe porque ele mesmo já esteve lá diversas vezes, e por isso mesmo vocês estão passando por lá.

O profeta
Que fique claro que as mulheres gostam de bajulação. Agrada a idéia de que os astros se uniram para que encontrássemos um cara especial. Mas sabemos diferenciar um homem que fala isso de coração e um que só quer nos enganar. A frase “desde a primeira vez que te vi soube que existia algo entre nós” está tão manjada que a essas alturas não tem mais nenhum significado especial. Melhor não falar nada ou pensar em algo mais criativo.

O incontrolável
Nada pior do que um homem insistente. Um homem que, apesar de você já ter avisado que prefere conhecê-lo melhor antes de ter intimidade, sempre se insinua para cima de você em qualquer oportunidade. A razão é sempre a mesma: “não consigo me controlar, você me deixa louco”. Ele realmente está tão louco que é incapaz de respeitar as suas decisões?

Já te vi…
Essa é talvez a cantada mais furada dos últimos tempos. Mesmo assim ela ainda é muito utilizada em festas e baladas, onde eles chegam perto e falam “nos conhecemos, mas talvez você não se lembre”. Um clássico. A verdade é que nunca o viu na vida, mas ele quer te convencer que sim para engatar uma conversa.

O perigoso
Ainda existem homens que em pleno século XXI não se protegem contra o HIV e acham que camisinha é para os tolos. Por isso, é preciso tomar muito cuidado com essa espécie. Esse grupo de galanteadores é capaz de, no meio da transa, dizer “não se preocupe, sou estéril”. Tudo para não usar proteção. E isso pode ser uma mentira muito perigosa.

O que faz aqui?
“Você não deve ser daqui”. Essa é a versão moderna para a cantada “o que faz uma menina em um lugar como esses?”. No final das contas é a mesma coisa, uma frase descartável como essa tem pouca credibilidade, mas mesmo assim há homens que simplesmente não entendem isso.

"xaveco s.m.: 1. O ato de vender aquilo que não presta; (...) galanteio, cantada"


A discussão tava no ar, então eu só tô colocando ela aqui no Bio Caverna pra ficar oficial...
Mas, bom, a pergunta é: Qual é o xaveco perfeito?

Existem vários tipos de xavecos, e vários que funcionam melhor com uma pessoa do que com outras. Mas qual deles é perfeito, qual deles conquista a pessoa na certa?

Reza a sabedoria popular, um bom conquistador, ao ser indagado sobre a melhor cantada, responde "pra xavecar quem?"
É isso mesmo, o pior de tudo é que o xaveco perfeito depende de quem é o alvo (e, muitas vezes, de quem é o xavecador). Mas, então, quais são os tipos de xaveco?

Pra começar tem os básicos: a indireta, o xaveco do amiguinho, o da flor, o do gentlemen e o mata-leão.
A indireta todos conhecem, é o truque de passar a intenção nas entrelinhas, às vezes descaradamente, mas sempre deixando a pessoa com o benefício da dúvida. O bom dele é que absolutamente todo o mundo sabe passar indiretas, e quase todo mundo pode usá-las pra xavecar sem problemas.

Depois vem o xaveco do amiguinho, que é com certeza o mais seguro: funciona comom um mercado de ações, você fica amigo(a) do(a) pretê, e depois é fazer investimento de longo prazo. O lado ruim é que geralmente demora pra fazer efeito e quase sempre o xavecador num tem saco de levar adiante. O bom é que você sempre acaba, no mínimo, amigo do pretê.

Outro manjado é o da flor, ou o xaveco do chocolate, que consiste em agradar a pessoa.
É isso aê, seja materialista! \$/

O xaveco do genlemen é um pouco mais complicado porque exige disciplina, mas agrada a quase toda mulher e a muitos, muitos homens. Seja cavalheiresco(a). Agrade. Abra a porta, deixe passar. Ofereça um gole, ouça a pessoa, aja com discrição. Pega benzasso se você der um tratamento diferencial à pessoa. Xaveco da flor aplicado aqui também é uma boa! Mas num rola virar escravo do(a) cidadão(ã), huh?

Por fim, o básico, porém pouco usado (e com cautela), xaveco do mata-leão. O mata-leão, ou "mata" é um xaveco de últimato. Você pega a pessoa em questão, encurrala ela e lhe dá um beijo. Por isso mesmo, ele só deve ser usado se você tem absoluta certeza de que a resposta vai ser afirmativa. Acontece que, quando é, esse xaveco pega benzasso! Então, pense nele como uma alternativa àquela babação de ovo que geralmente acontece quando se vai pedir alguém pra ficar/namorar/whatever.

Aí nós chegamos aos xavecos de festa.
São eles o xaveco da dança, a cantada e o sex on the beach.
O da dança é foda. Se você dança bem, você *sempre* pode conquistar alguém dançando com ele(a). Sempre. Mas é difícil. Então aprenda a dançar.

A cantada é velha. Nem sempre é usada em festa, mas como é lá que ela aparece tradicionalmente, ficou aqui nesse grupo. Diferente das frases manjadas (leia adiante, nos xavecos avançados), que são muitas vezes confundidas com esse xaveco, a cantada consiste em fazer um bom merchandising pra sí mesmo.
Conhecida também como "o xaveco do swashbuckler", a cantada é sinônimo de ousadia. Movimentos rápidos, desafios vencidos, cenas à la "Piratas do Caribe"; e honra acima de tudo. É o xaveco mais usado pelo povo
style.

O xaveco do sex on the beach não costuma pegar bem. E não há muito o que dizer sobre ele. Sabe quando você dá uns drinks pra pessoa pra deixar ela um pouco "altinha" (por favor, não bêbada, aí é forçar a barra) pra perder a vergonha? Pois é. Não faça isso.

Então vêm os xavecos cult. Tem o do violão, o do poeta, o da serenata e o do pintor.
Xaveco do violão é tocar uma música pra pessoa em questão. Você tá lá com um pessu, tocando coisa e pá, e de repente você toca uma música pra essa pessoa. Qualquer música que aparece em filme da Julia Roberts pega bem. Você toca como qualquer outra, sem dedicar nem nada, o negócio tá em pegar as frases manjadas da música e cantar olhando nos olhos da pessoa, com o tom de voz certo. Savvy? Bom. Agora só resta pedir cuidado na hora de usar esse xaveco pra ninguém usá-lo em próprio favor pra xavecar a pessoa!

O do poeta tem duas formas: ou você usa como frase manjada e recita/escreve e manda um poema famoso pra uma pessoa já pré-xavecada porque pega bem, ou você escreve o seu próprio poema porque pega mais que bem!

O xaveco da serenata é uma mistura dos dois anteirores, só que endereçado a alguém. Dispensa comentários.

O xaveco do pintor ou do desenhista é meio complexo porque você tem que ter manha de desenho e manha de marketing pra xavecar com uma mensagem visual. Esse num se aprende, é um dom que alguns tem.

E aí temos xavecos avançados, que só gente pró em xavecar/muito segura de sí/segura de que VAI DAR CERTO deve usar. São eles as frases manjadas, o xaveco da resposta, o xaveco do olhar, o do cupido, o xaveco infame e os anti-xavecos.

As frases manjadas são o tipo mais comum de xaveco, usado desastrosamente por não profissionais em combinação (não menos desastrosa) com a cantada infame e/ou os anti-xavecos, para pessoas desconhecidas (o que torna tudo mais calamitoso ainda).

Frases manjadas são aqueles versinhos e frases que servem como um tipo de cantada, geralmente com conotação humorística (calamidadeeeee!), que todo o mundo conhece e que se não for bem aplicado, não dá certo. Por que, afinal, tem uma infinidade de frases entre "Eu te amo." e "Bonito sapato, quer transar?", e apenas uma ou duas delas realmente funcionam, e apenas quando usadas na hora certa. Então evite à todo custo usar frases manjadas, elas são pra que sabe o que está fazendo (ou porque é pró, ou porque sabe que vai funcionar).

O xaveco da resposta é um tipo de cantada espontâneo que se aproveita da situação. Quer um bom exemplo dele? Veja só o que um amigo (por enquanto anônimo) fez, certa vez:
(depois de aplicar uma frase manjada bem boba, embora nada auto-pejorativa)

Amigo: Pô, [nome do cara].. Algum dia você ainda consegue ela.
O cara: Se algum dia eu conseguir, vou ficar extremamente decepcionado.
Amigo: Por que?
O cara: Porque musa que é musa não se deixa apanhar. Uma musa que se deixa apanhar é como um anjo que cai, de asas cerradas. Perde a caracteristica de anjo; não é mais musa...
A mina: Nossa...

Dahora, né? Pois é...

O xaveco do olhar não se aprende, e é o que pega melhor se o cara/a mina tem "o dom". É só um olhar. Nada de mais. Tem gente que conquista assim, vai entender.

O xaveco do cupido é esquema: você chega numa mina e xaveca ela dando a entender que tá xavecando pro amigo. Gradualmente, você dá a entender que tá se interessando por ela. Tem mina que adora cupido, p*!

O xaveco infame é, por exemplo, quando, ao roubar a pepsi da sua amiga e ela pedir o refrigerante de volta, você falar "Só se você namorar comigo". Geralmente você não está falando sério, mas a pessoa LEVA à sério, e com isso você deu a ela o benefício da dúvida, e ela NUNCA MAIS vai esquecer do xaveco. É útil...

Os anti-xavecos consistem exatamente no que você não faria pra xavecar alguém.
Pega mal? Sim, mas tem gente que gosta (junkies), fazer o que?

Os 10 piores XavecosXavecos

1º – Se uma formiguinha te picar não se assuste porque você é um doce.
2º – Sorria, pois esta é a segunda coisa que você pode fazer com a boca !
3º – Não sou carro, mas sou Para ti!!
4º – Deixa eu advinhar seu signo. É virgem?
5º – Você é uma espécie linda que está em extinção. Vamos reproduzir?
6º – Ô gatinha, tá a fim de ganhar 50 conto fácil?
7º – Existe um vazio no meu coração com suas medidas. Quer entrar?
8º – Para meninas de roupa verde: Se verde é assim, imagina maduro!
9º – Virgindade dá câncer, vacine-se aqui comigo!
10º – Penso em você 25h por dia, é que meu coração faz hora extra!

Nenhum comentário:

Postar um comentário